Não sei de quem recordo meu passado

Não sei de quem recordo meu passado
Que outrem fui quando o fui, nem me conheço
Como sentindo com minha alma aquela
Alma que a sentir lembro.
De dia a outro nos desamparamos.
Nada de verdadeiro a nós nos une
Somos quem somos, e quem fomos foi
Coisa vista por dentro.

REIS, R. (Pessoa), Odes de Ricardo Reis.
Gracias a Sebastián Santisi.

0 opiniones en “Não sei de quem recordo meu passado”

  1. ?Es mi vista o las letras estan descolocadas?, ¿Por qué sera que no consigo entender lo que pone?
    cachisenlamaryalevalealadministradorsovagoquenolohatraducido. Besos

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *